Aperte "Enter" para pular para o conteúdo

Cronologia Espírita

Indíce

Apresentação

Nosso objetivo ao compilar esta pequena cronologia, com os eventos que marcaram o movimento Espírita nestes quase dois séculos de existência, é permitir uma rápida visão da sua história, é fornecer ao estudioso da doutrina ou ao historiador um modesto ponto de partida para pesquisas mais avançadas.

A sabedoria romana dizia que a “Historia magistra vitae est”, a história é a mestra da vida, e realmente sem o seu conhecimento fica difícil ao homem assimilar as lições já vividas, a evitar cair em velhos erros e por outro lado aproveitar as iniciativas bem sucedidas.

Dentro da Doutrina Espírita esse velho ditado ganha nova vida, pois ao estudarmos os tempos idos, estamos estudando a nós mesmos, não na enganosa fantasia de termos tido papéis de destaque nos eventos analisados, mas pela certeza de que em nossa trajetória espiritual compartilhamos essas épocas e que no comportamento geral dos contemporâneos encontraremos nossos erros e acertos; encontraremos as causas dos tempos em que vivemos e as sementes do futuro.

Procuramos nesta cronologia destacar não somente os eventos doutrinários, mas também realçar os eventos contemporâneos nas ciências e na cultura em geral, pois o Espiritismo é um fenômeno inserido em um contexto histórico.

A Doutrina Espírita surgiu no mundo na época em que os homens estavam preparados, pela natural evolução da civilização, a entende-la e dar-lhe continuidade. O século de Kardec é também o século de Darwin, de Freud, de Zamenhof, o século em que a escravidão foi banida de todos os países civilizados, enfim, o século XIX foi uma época de tal modo marcante na história da humanidade que talvez só lhe possa comparar ao século de Augusto, em que entre outros eventos nasceu Jesus de Nazaré, ou ao século de Péricles, idade de ouro da Grécia antiga.

Vemos nos eventos relacionados nesta cronologia uma seqüência; vemos a ciência, a filosofia e a religião caminhando a passos seguros rumo a uma nova compreensão do problema fundamental da humanidade, “O que somos ? De onde viemos ? Por que estamos aqui ? Para onde iremos ?”, questões estudadas e respondidas pela Doutrina Espírita a partir de 1857, ou seja, vemos nos diversos campos uma união de esforços que inevitavelmente resultará em uma nova “visão de mundo”, que substituirá o materialismo em nossa sociedade e marcará uma nova fase na evolução da humanidade

A versão original da Cronologia Espírita foi publicada no quinto aniversário do GEAE, em 1997.  O objetivo de passá-la para o formato de blog em L´Avenir é permitir de forma simples a inserção de novos eventos e a manutenção das informações.

Muita Paz,

Carlos Alberto Iglesia Bernardo

Agradecimentos

A ideia da Cronologia Espírita nasceu a partir dos estudos realizados no grupo virtual GEAE. A versão original, publicada no quinto aniversário do grupo, foi uma compilação de referências históricas levantadas de diversas fontes, muitas vindas da colaboração dos companheiros de estudos.

Nesse trabalho original foi decisiva a participação do nosso amigo Sérgio A. A. Freitas, sem o qual teria sido impossível as consultas aos diversos colaboradores. Foi ele também o revisor da primeira versão desta Cronologia.

Gostaríamos de destacar também a ajuda do amigo Arlindo B. Vasiunas,  já desencarnado. Na ocasião, ele era membro da Associação Paulista de Esperanto e colega de trabalho na Casa Transitória Fabiano de Cristo.  Foi através do Sr. Arlindo que tivemos contato com o Esperanto e ficamos conhecendo os laços históricos que o unem ao Espiritismo.

Outros amigos que nos ajudaram na versão original com suas sugestões e comentários foram: Carlos Alberto Ferreira (Portugal), Jorge Gomes (Portugal), José Cid (Brasil), José Lucas (Portugal) e  Raul Franzolin Neto (Brasil).

Forma de Organização

O texto da cronologia está organizado em períodos. As datas iniciais e finais dos períodos foram escolhidas de forma a agrupar dentro deles eventos que ocorreram sobre um mesmo cenário histórico.

Cada evento listado leva a uma entrada com as informações:

  • Data;
  • Descrição do Evento;
  • Referências Bibliográficas;
  • Categoria;
  • Local.

Os eventos que não são diretamente da história do Espiritismo,  foram incluídos com a finalidade de apresentar o contexto histórico e cultural.  Eles são diferenciados pela categoria e por aparecerem na listagem com o título em um fundo cinza.

As referências bibliográficas indicadas nas entradas estão detalhadas na página de Bibliografia. O detalhamento segue a norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas.

A Escolha do Evento Inicial

O início de um estudo histórico, principalmente o de uma nova forma de pensar, implica em uma decisão arbitrária: por onde começar!

Não é uma decisão simples, pois, nenhuma revolução na sociedade e na cultura, começa do nada. As suas causas sempre surgem de forma paulatina, ao longo do tempo, e somente quando todas as condições estão estabelecidas, quando a humanidade está pronta para o novo passo, ocorre o evento que passará a ser nominalmente associado ao início da nova era.

Arthur Conan Doyle, em sua magnífica obra sobre a História do Espiritualismo Moderno, diante da mesma questão, optou por iniciar com a vida e obra de Swedenborg.

Nós optamos por iniciar este trabalho com o nascimento de Amelie Gabrielle Boudet, educadora que foi esposa e colaboradora do Prof. Rivail na obra da Codificação Espírita, o que permite uma visão dos anos imediatamente anteriores ao surgimento do Espiritualismo Moderno e do Espiritismo.

 

 

Font Resize